Richie Kotzen - Miniatura Guitarra



mini guitarra Fender     Richie Kotzen teve o seu primeiro contato com a música aos 5 anos a tocar piano. Com 7 anos de idade, sente-se influenciado pela banda de Nova York, Kiss, e acaba por aprender a tocar guitarra. aos 12, formou sua primeira banda, chamada Exis. A partir de então, passou a realizar vários shows na Pensilvânia e em Nova Jersey, ao passo que terminava o ensino médio. A sua atividade musical manteve-se em alta durante toda a sua adolescência, realizando cerca de 500 concertos aos 17 anos de idade.
    Em 1989, Kotzen foi para São Francisco e gravou seu primeiro álbum junto à gravadora Shrapnel Records (editora também de guitarristas como Jason Becker, Paul Gilbert ou Marty Friedman) e no mesmo ano, grava um Vídeo Instrucional de Guitarra, intitulado "Rock Chops", lançado pela REH. Neste ponto, já estava em várias capas de revistas especializadas em guitarra e foi eleito como um dos 3 melhores novos guitarristas daquele ano.
     Até 1991, o guitarrista continuou trabalhando ao lado do selo Shrapnel Records mas nesse ano, mudou-se para Los Angeles - CA, por ter sido convidado a integrar (substituindo C.C. DeVille) o grupo de Glam Rock Poison, com quem gravou 1 CD. É então o principal compositor do álbum Native Tongue, destacando os singles, sua música Stand (que alcançou a quarta posição no programa "Most Wanted" da MTV e estava entre o Top 20 da Billboard, o que lhes rendeu um disco de platina) e Until you suffer Some (Fire and Ice). Após a Tourné de promoção deste álbum, Kotzen é expulso do Poison por, alegadamente, ter um caso com a mulher de Rikki Rockett (baterista de Poison), Deanna Eve, com quem mais tarde viria a casar. É então substituído pelo guitarrista Blues Saraceno na formação de Poison.
     Após encerrar o contrato com o Poison, voltou a trabalhar como artista-solo e lançou discos em vários selos, Shrapnel, Geffen e JVC ao passo que foi convidado pela lenda do Jazz, Stanley Clarke, para montar a banda Vertu, com a qual gravou em 1999 um disco pelo selo da Sony. Passaram um longo tempo tocando em festivais de Jazz pela Europa. O próprio Kotzen falou sobre sua experiência com esta banda:
"It was an honor and a great experience to be in a band with Mr. Clarke and the rest of the members of the band" (foi uma honra e uma grande experiência estar em uma banda com o Sr. Clarke e os outros membros da banda).

      No mesmo ano de 1999, Richie Kotzen foi convidado a entrar na banda Mr. Big, famosa pelo hit "To Be With You", para substituir o antigo guitarrista, Paul Gilbert (Racer X), mantendo o sucesso da banda, com a gravação do álbum Get Over It, que vendeu 175 mil cópias nas duas primeiras semanas de lançamento no Japão. No álbum seguinte, Actual Size, a música Shine, composição de Kotzen, foi número 1 nas rádios japonesas. Em 2002, o Mr. Big encerrou suas atividades e Richie Kotzen voltou aos seus projetos-solo e partir de então, tem viajado pelo mundo para tocar em festivais, em clubes e mais recentemente, como banda de abertura em estádios japoneses para os Rolling Stones, na turnê "A Bigger Bang Tour". Lançou o álbum Change em 2003 e em 2004 lançou o álbum Get Up. A formação de uma nova banda, dirigida por Kotzen, Forty Deuce levou ao lançamento do cd Nothing to Lose no ano seguinte. Atualmente ele se encontra em parceria com o baterista Mike Portnoy e e baixista Billy Sheenan para um projeto de estilo rock.
Tags: Quadro decorativo musical, decoração musical, quadro de banda, quadro 3d, miniatura de guitarra, miniatura de baixo, miniatura de violão, quadro para sala, quadro para bares, presentes criativos.

Um comentário:

  1. Olá, como faço para saber preços ? heliojcv@hotmail.com

    ResponderExcluir